Se os meninos da Guiné não vêm a Portugal, vai um cardiologista à Guiné ouvir-lhes o coração

Jul 05, 2019
admin


 

Edinilson tem 12 anos, mas não pode correr, saltar à corda ou dar cambalhotas como as crianças da sua idade. Sofre de tetralogia de Fallot – uma cardiopatia congénita cianótica -, que se traduz por saturações de oxigénio muito baixas, o que faz que se canse muito facilmente. A doença cardíaca não permite que Edinilson se esforce. O menino guineense, que está há vários anos à espera de ser levado para Portugal para ser submetido a tratamento cirúrgico, foi uma das 50 crianças observadas pelo cardiologista pediátrico Jorge Moreira, do Centro Hospitalar de São João (CHSJ), que esteve na Guiné-Bissau, em maio, com os voluntários da Missão Saúde para Humanidade (MSH), uma organização não governamental que há dez anos promove o acolhimento em Portugal de doentes com necessidade de tratamentos médicos ou cirúrgicos.

Leia o artigo completo no Diario de Notícias >>

 

Deixe um comentário

UA-3427335-2