Visita à Guiné Bissau

Set 21, 2021
admin


 

Como habitualmente, no início de cada ano, os elementos da MSH e alguns voluntários deslocam-se presencialmente à Guiné Bissau para reforçar laços com os parceiros e verificar in loco como decorrem os projetos que estão em desenvolvimento.
De 16 a 26 fevereiro, a MSH teve oportunidade de concretizar várias atividades, nomeadamente:

Visita à Guiné Bissau

Realização de formação “Vigilância no Trabalho de Parto”

Porque não nos queremos acomodar nunca no saber adquirido, estivemos no Hospital Casa Emanuel em Bissau, em sessão de formação e de partilha, sobre o tema de suma importância. Com as precauções devidas, partilhámos a nossa experiência e recebemos de forma igual.

 

Entrega de máscaras cirúrgicas 

Nesta missão tivemos a responsabilidade de ser portadores da generosidade de tantos, fazendo chegar de Bissau – Guiné até à Ilha das Galinhas passando por Catungo – Catió para a entrega de máscaras cirúrgicas a responsáveis de projetos dedicados à educação.
Onde o isolamento inerente à geografia exponencia as dificuldades dos seus residentes, mas onde também ali há pequenos heróis. Júlio Beto, Escola Semear com a Cicilia Vieira Sa, a Academia Arte e Saberes com a Tamilla e Alandelon de Melo. Se todos fizermos um pouco, fazemos diferença.

 

Reunião com a Câmara Municipal de Bissau

Reuniao com a Câmara Municial de Bissau

A MSH foi gentilmente recebida pelo Senhor Presidente da Câmara Municipal de Bissau, Prof. Luís Simão Enchama. Para além do momento protocolar da visita de cortesia de Jorge Almeida, Presidente da Câmara Municipal de Águeda (cidade geminada com Bissau), houve também oportunidade para desbravar caminho para as futuras instalações da Casa de Acolhimento.

 

Receção e entrega dos bens doados vindos de PortugalReceção e entrega dos bens doados vindos de Portugal

Com esta visita, houve também oportunidade de desalfandegar e entregar os bens que tinham sido enviados em dezembro de 2020.

 

 

 

 

Poço Tabanca de Catungo

MSH acompanhou e apoiou a abertura de um poço na Tabanca de Catungo, Tombali. A água é um bem essencial e escasso, que na Guiné Bissau tem especial significado.
Em 2018 tínhamos estado em Catungo e ficámos presos na imagem das dificuldades do dia-a-dia dos seus habitantes.

Felizmente pudemos fazer diferença ao associarmo-nos nesta ação tão importante, neste projeto educativo cujo responsável, João Sanhá, promove em condições tão difíceis.

 

 

Deixe um comentário

UA-3427335-2